Ano Novo Chinês 2022: Prepare a sua cadeia de abastecimento

As celebrações do Ano Novo Chinês de 2022 começam a 1 de Fevereiro. Este é um acontecimento importante que tem impacto sobre o mercado global de transporte de mercadorias devido aos feriados nacionais prolongados, e que se traduz pelo encerramento de empresas, suspensão das operações nas fábricas, e redução da capacidade dos transportadores em resposta a uma menor procura. Este ano, e face às condições de mercado sem precedentes que estamos a atravessar, espera-se que o impacto do Ano Novo Chinês seja maior do que o habitual. Consulte aqui tudo o que precisa de saber sobre o Ano Novo Chinês e como se preparar para minimizar o impacto na sua cadeia de abastecimento.

Quando é o Ano Novo Chinês?

Em 2022, os Chineses dão as boas-vindas ao Ano do Tigre a 1 de Fevereiro. Na China continental, o feriado público de uma semana começa na véspera do Ano Novo.

Abaixo apresentamos as datas dos feriados públicos do Ano Novo Chinês nas localidades onde se encontram as agências DACHSER:

  • China: 31 de janeiro - 6 de fevereiro
  • Hong Kong: 1 de fevereiro - 3 de fevereiro
  • Taiwan: 31 de janeiro - 4 de fevereiro

O que irá acontecer durante o Ano Novo Chinês?

O Ano Novo Chinês é o maior evento da China. Simboliza o fim do Inverno e o início de um novo ano no calendário lunar chinês. A população chinesa aproveita este período para regressar às suas cidades de origem para as celebrações e reuniões familiares antes do primeiro dia do Ano Novo, e voltam aos seus locais de trabalho nas cidades após as férias.

A maioria das empresas, incluindo os serviços governamentais na China, estarão fechadas durante os feriados oficiais, tal como acima indicado, enquanto algumas instalações fabris poderão fechar por um período de tempo mais longo ou reabrir unicamente com equipas reduzidas. Os níveis normais de produção são normalmente retomados após quatro a seis semanas. Os serviços aduaneiros em toda a China estarão encerrados durante os feriados nacionais acima indicados. Para o transporte no sentido leste, se chegar à China durante o feriado nacional do Ano Novo, não haverá declaração aduaneira ou serviços de inspeção disponíveis.

Qual é o impacto do Ano Novo chinês na logística do transporte?

Como as fábricas estão fechadas durante o Ano Novo Chinês, os expedidores antecipam essa paragem na produção e aumentam as quantidades para reabastecer os seus stocks. Assim, o impacto do Ano Novo Chinês pode ser sentido durante o período pré-férias, quando as fábricas operam a pleno rendimento para dar resposta às encomendas antes do seu encerramento.

A maior produtividade cria uma pressão adicional na logística do transporte The higher productivity creates extra pressure for transport logistics. At the moment, the congested supply chain is a challenge for almost all industries, and the CNY cargo rush is going to further intensify the heated logistics market. O aumento da produção cria uma pressão adicional na logística do transporte. Atualmente, a saturação da cadeia de abastecimento é um desafio para quase todas as indústrias, e a “corrida à carga” gerada pelo Ano Novo Chinês vai exacerbar ainda mais o já sobrecarregado mercado da logística.

Paralelamente, os Jogos Olímpicos de Inverno terão lugar na capital chinesa, Pequim, de 4 a 20 de Fevereiro de 2022. Ainda não foi feito qualquer anúncio oficial sobre restrições de transporte, mas espera-se que os controlos de segurança sejam reforçados e que sejam introduzidas restrições à circulação de mercadorias perigosas alguns dias antes e durante o evento. No entanto, os efeitos ainda são, por enquanto, incertos.

Por último, mas não menos importante, o súbito surto de casos de ovid pode levar a perturbações adicionais, tais como encerramentos de estradas, cancelamentos de voos e falta de pessoal, se os operadores ou motoristas forem colocados em quarentena.

Assim, é importante elaborar um plano estratégico a longo prazo com o seu parceiro logístico para minimizar as perturbações na sua cadeia de abastecimento, não só durante o Natal, mas também ao longo de todo o ano de 2022.

Situação do mercado no período que antecede o Ano Novo Chinês

Tradicionalmente, o Ano Novo chinês tem um impacto significativo na capacidade em todos os modos de transporte - aéreo, marítimo, ferroviário e rodoviário. Este ano, o mercado da logística será fortemente dificultado durante a "corrida à carga" que antecede o Ano Novo Chinês. Acompanhe a evolução atual do mercado para poder reagir rapidamente e planear em conformidade.

  • Carga aérea

No caso do transporte aéreo, espera-se que o atual e excecional pico de produção se mantenha até ao final de Janeiro, antes do início das férias de Ano Novo. Globalmente, o mercado continua a enfrentar limitações de capacidade, principalmente devido às diferentes políticas de quarentena resultantes da ameaça Omicron, levando a mais incerteza e volatilidade. Em Hong Kong, por exemplo, muitos voos de passageiros foram já cancelados em Dezembro devido a problemas de rotação da tripulação, o que resulta numa menor capacidade de carga. Além disso, muitos cargueiros terão de ser submetidos a manutenção nos próximos meses após uma utilização prolongada, o que irá afetar ainda mais a capacidade disponível no mercado.

  • Transporte Marítimo

O transporte marítimo de mercadorias encontra-se atualmente numa situação semelhante à do mercado de carga aérea. Os serviços continuam a ser perturbados, com muitas viagens a não se realizarem devido ao congestionamento dos portos. Os serviços de abastecimento do Sul da China de e para o Delta do Rio das Pérolas foram suspensos de Dezembro até ao início do Ano Novo Chinês, resultando em tempos de trânsito mais longos por estrada.

A fiabilidade dos serviços pode continuar a ser um desafio, ou mesmo piorar, a partir de Janeiro, com o aumento da procura à medida que se aproxima o Ano Novo Chinês e que as questões relacionadas com surtos de Covid e os congestionamentos no mercado continuam. A capacidade e o equipamento estarão, portanto, sob uma pressão imensa e as taxas tendem a aumentar acentuadamente em tais situações.

Os expedidores são aconselhados a planear as reservas com antecedência e a fazer uma previsão de pelo menos 3 semanas. Mantenha-se em contacto com o seu parceiro logístico para alterações de última hora e mantenha uma mente aberta para opções de transporte alternativas.

  • Transporte ferroviário

O calendário ferroviário para 2022 ainda não foi divulgado. Com base em registos anteriores, os serviços ferroviários estarão disponíveis como habitualmente até à última semana que antecede o Ano Novo Chinês. Os horários de embarque podem ser ajustados de acordo com as instruções dos operadores ferroviários. No entanto, os serviços de pre-carriage e on-carriage na China serão um verdadeiro desafio a partir de 20 de Janeiro de 2022, pelo que se espera um aumento geral das tarifas. Não haverá serviços ferroviários durante as celebrações do Ano Novo Chinês.

Com base na experiência e excluindo imprevistos relacionados com a Covid, espera-se que tanto o tráfego de camiões, tanto no sentido oeste como no sentido leste, regressem a 80% dos níveis normais duas semanas após o Ano Novo Chinês e retomem totalmente no início de Março.

O que pode ser feito agora?

  • Elabore um planeamento a longo prazo e informe-nos o mais cedo possível da sua previsão de encomendas, para que possamos planear os nossos recursos com antecedência e assegurar as suas necessidades;
  • Constitua um stock mais completo – geralmente as fábricas retomam os níveis normais de produção quatro a seis semanas após o Ano Novo Chinês;
  • Tenha em consideração tempos de trânsito mais longos no seu planeamento – o mercado global de transporte de mercadorias já se encontra congestionado antes do Ano Novo Chinês, pelo que é importante elaborar um planeamento estratégico da cadeia de fornecimento com o seu parceiro logístico;
  • Planeie as saídas da China alguns dias antes do início das férias do Ano Novo Chinês, ou seja, a 28 de Janeiro de 2022, e certifique-se de que o seu calendário de produção cumpre as faixas horárias de entrada nos terminais;
  • Declare a sua expedição assim que os dados necessários estiverem disponíveis, e assegure-se de que dispõe de tempo suficiente para obter o despacho aduaneiro da mercadoria antes da hora estimada de partida (ETD);
  • Entre em contacto com a equipa da DACHSER, que o irá apoiar na procura das melhores soluções adaptadas às suas necessidades.

Esperamos que as informações acima mencionadas possam facilitar o seu planeamento logístico em previsão do Ano Novo Chinês. Se tiver alguma dúvida, não hesite em entrar em contacto connosco.

Contacto Isabel Monteiro