Declaração de Burkhard Eling, CEO da DACHSER, sobre o conflito militar na Ucrânia

A paz e a livre circulação de bens são pré-requisitos fundamentais para o desenvolvimento positivo e saudável de todas as sociedades. É neste espírito que a DACHSER tem crescido como operador logístico internacional ao longo das últimas décadas. Lamentamos profundamente a escalada do conflito militar na Ucrânia. Entre outros aspetos, o conflito terá também um impacto substancial nas cadeias de abastecimento na Europa Oriental.

A nossa primeira prioridade é a segurança de todos os motoristas que transportam mercadorias em nome da DACHSER. Por conseguinte, impusemos, hoje, uma recolha e paragem imediata de todos os carregamentos para a Ucrânia. Esta medida aplica-se a todos os transportes europeus do nosso segmento de serviços Cargoplus, especializado em transportes FTL e LTL para os países da CEI, entre outros, bem como a todos os transportes da rede European Logistics que são processados na Ucrânia pelo nosso parceiro ACE. O tráfego regular desde a nossa plataforma em Strykow, na Polónia, para Kiev, na Ucrânia, foi interrompido. Todos os camiões que ainda se encontram a caminho da Ucrânia têm de regressar em coordenação com os clientes. Estamos em estreito contacto com o nosso parceiro ucraniano, que também já fechou os seus armazéns.

A nível do transporte aéreo de mercadorias, o espaço aéreo sobre a Ucrânia foi fechado num amplo raio. As descolagens e aterragens não são mais possíveis, pelo que devemos contar com congestionamentos nos aeroportos alternativos.

As nossas equipas de European Logistics e Air & Sea Logistics estão a acompanhar de perto a evolução da situação e estão em estreito contacto com os nossos clientes. O mesmo se aplica, em particular, às restrições à circulação de mercadorias que possam surgir nos próximos dias em resultado das sanções anunciadas contra a Rússia.

Contexto: Atividades da DACHSER na Ucrânia e na Rússia

A DACHSER não possui agências próprias na Ucrânia, mas trabalha, neste país, com o seu parceiro ACE Logistics. A empresa estónia é também parceira da DACHSER nos Estados Bálticos e parceira de joint-venture na Finlândia. Os serviços de carga completa (FTL) são processados pela Cargoplus nestes mercados.

Na Rússia, a DACHSER conta com representação própria desde 2008 e presta serviços nos segmentos de negócios Road Logistics e Air & Sea Logistics. Neste país, cerca de 160 pessoas trabalham em sete agências DACHSER. Em 2020, a DACHSER Rússia processou cerca de 17.000 envios e gerou receitas no valor de 21,6 milhões de euros.

Contacto Isabel Monteiro